Casamento na quarentena – Camila e Todd Depois de tudo planejado, vem a vida e surpreende. O casamento na quarentena foi a solução para que eles pudessem ficar juntos – e serem felizes

Depois de tudo planejado, vem a vida e surpreende. O casamento na quarentena foi a solução para que eles pudessem ficar juntos – e serem felizes

Camila conheceu Todd nos Estados Unidos e nunca ia imaginar fazer um casamento na quarentena. Em agosto de 2016, embarcou para um intercâmbio em uma viagem que mudaria a sua vida. Depois de um ano morando em Chicago, terminou um relacionamento que a fez decidir não querer mais compromisso. Eis que a vida apresenta Todd para Camila, no meio de um bar. “Ele morava na cidade vizinha, Indiana, cerca de uma hora de distância, mas estava na cidade com os amigos para celebrar o aniversário do irmão. Desde então, não nos desgrudamos mais”, comenta.

Casamento na quarenta – Camila e Todd Depois de tudo planejado, vem a vida e surpreende. O casamento na quarentena foi a solução para que eles pudessem ficar juntos – e serem felizes

Camila e Todd namoraram por um ano até que ela precisou voltar ao Brasil, porque seu visto de intercâmbio estava acabando. “A ideia era eu ficar um mês no Brasil, aplicar para visto de estudante e voltar ao Estados Unidos. Eu poderia ter aplicado diretamente dos EUA, mas estava com muita saudade de casa e resolvi voltar para rever a minha família. Sabíamos do risco de ser negado, mas precisava voltar e Todd me apoiou nessa decisão, mesmo sabendo que as coisas poderiam se complicar para a gente”, explica.

Casamento na quarenta – Camila e Todd Depois de tudo planejado, vem a vida e surpreende. O casamento na quarentena foi a solução para que eles pudessem ficar juntos – e serem felizes

O não

O tão temido não para o visto veio por duas vezes. “Não pude voltar aos EUA como estudante e tivemos que manter nosso relacionamento à distância. Foi uma época muito difícil para nós e tivemos que lidar com a saudade, mesmo que ele tenha ido me visitar no Brasil com frequência. Foi então que percebemos que precisávamos ficar juntos e decidimos nos casar. Ele foi quatro vezes para o Brasil e nos encontramos uma vez na Europa, onde eu fui pedida em casamento. Já fazia 9 meses da minha volta ao Brasil. Namoramos à distância por um ano e meio até finalmente voltar para os Estados Unidos, agora com o visto de noiva”, conta Camila.

Casamento na quarenta – Camila e Todd Depois de tudo planejado, vem a vida e surpreende. O casamento na quarentena foi a solução para que eles pudessem ficar juntos – e serem felizes

O casamento na quarentena

Camila entrou com o visto de noiva e ela e Todd tinham apenas 90 dias para casarem-se no civil. “Os planos iniciais eram fazer um casamento no civil nos EUA e no ano seguinte fazer o religioso e festa para todos os nossos amigos e familiares no Brasil. O casamento nos Estados Unidos teria os nossos pais e irmãos presentes. Meus pais viriam do Brasil, um dos meus irmãos da Irlanda e os pais e irmão do Todd viriam de outros estados daqui: Colorado, Califórnia e Illiniois”, diz.

Seria um grande almoço e uma cerimônia não religiosa no quintal da casa deles, em Indiana. “O irmão dele ia realizar o nosso casamento. Para a cerimônia no Brasil, eu já deixei reservado o local e a igreja antes da minha volta aos Estados Unidos.”

Mas aí veio a pandemia do novo coronavírus. “Legalmente, precisávamos nos casar dentro de 90 dias, por conta do visto. Então, não podíamos esperar. Eu cheguei aos EUA em fevereiro e o plano era nos casarmos em abril. A pandemia começou e, ainda sem saber a proporção de tudo isso, adiamos ao máximo o casamento. Nossa esperança era que isso passasse e nossas famílias pudessem entrar em aviões sem nenhum risco à saúde deles. Não passou.”

Casamento na quarenta – Camila e Todd Depois de tudo planejado, vem a vida e surpreende. O casamento na quarentena foi a solução para que eles pudessem ficar juntos – e serem felizes

Festa digital

O casamento na quarentena precisava ocorrer mesmo que a família deles não estivesse presente fisicamente, afinal, era um momento importante. “Depois de tanta luta, finalmente estávamos juntos. Precisávamos comemorar”, comenta Camila. Eles reuniram os filhos de Todd (de 4 e 6 anos) e as famílias e os amigos próximos de forma digital. “Nós fizemos um mural de fotos com os nossos convidados e ligamos por vídeo para eles, mostramos a decoração, brindamos juntos e tudo mais. Foi uma troca bem gostosa, ainda que virtualmente, e aqueceu nossos corações.”

A parte mais legal dos preparativos para Camila foi montar o mural dos convidados. “Rever as fotos com as pessoas que amamos (alguns já se foram, mas certamente gostaríamos que estivessem ali) e imaginar a reação que teriam ao serem surpreendidos quando se vissem nas fotos. Amei fazer o ‘save the date’ virtual e entregar para das famílias com o dia e horário da cerimônia, dizendo que os esperávamos num encontro pelo facetime, do sofá da casa deles. Ficou divertido e envolveu a família.”

A festa oficial de casamento de Camila e Todd já tem data marcada para depois da pandemia. “Esperamos que até lá tudo esteja normalizado. A família e os amigos do Todd vão para o Brasil e faremos o casamento religioso e uma festa linda para comemorar. Agora, mais do que nunca!”

Camila fez dois vídeos registrando todos os momentos de seu casamento. Assista!

Casamento na quarenta – Camila e Todd Depois de tudo planejado, vem a vida e surpreende. O casamento na quarentena foi a solução para que eles pudessem ficar juntos – e serem felizes

Escrito por

Katia Deutner

Jornalista por formação e apaixonada por este universo de magia e encantos. Já trabalhou em diversas revistas do setor e tem um olhar apurado para o belo.