Planejamento maior, lugares abertos com luz solar e mais econômicos serão a tônica dos casamentos pós-covid. Confira algumas das previsões

Planejamento maior, lugares abertos com luz solar e mais econômicos serão a tônica dos casamentos pós-covid. Confira algumas das previsões

A pandemia veio para mudar o rumo de tudo. O ano de 2020 foi diferente e todos tiverem que se adaptar, mudar datas e postergar o grande sonho. Mas como será que ficarão os casamentos pós-covid? A cerimonialista Lourdes Correia, da Étoille Eventos, listou seis mudanças que devem acontecer nos próximos meses, com o fim da pandemia do novo coronavírus.

1) Planejar, planejar, planejar e muito

Até mesmo cerimônias mais simples, será imprescindível um bom planejamento, tendo o assessor ou cerimonialista como facilitador de todo esse processo. Faça um cronograma, crie planilhas, verifique em checklists. O expert indicará fornecedores especializados em cada estilo de casamento. Escolha profissionais de qualidade, comprometidos e com projetos personalizados para cada perfil. O cerimonialista organiza o passo a passo de toda a sequência a ser seguida antes e durante o grande dia.

Uma das primeiras coisas que são planejadas é o local de cerimônia e recepção e cabe ao cerimonialista definir as demais necessidades. Entre elas estão comprar passagens áreas, reservar hotel com antecedência e encontrar celebrante, caso seja feito em outra cidade que não a dos noivos.

No planejamento, vocês podem ainda separar peças de decoração que fazem parte da história do casal, como porta-retratos, livros e até plantas que pretendem levar para a casa nova. Isso tudo pode fazer parte do cenário para a comemoração do casamento.

2) Local cheio de emoção

Para Lourdes Correia, os casais darão maior preferência para estar junto, vivendo o momento em um local especial para eles em casamentos pós-covid. “Eles podem ter a primeira dança na frente da Torre Eiffel ou do Cristo Redendor ou então comemorar a união enquanto admiram a natureza do alto das colinas. Longe de qualquer preocupação com o buffet, a acomodação dos convidados e os inúmeros detalhes da festa, o casal celebrará a união de maneira única”, explica.

Planejamento maior, lugares abertos com luz solar e mais econômicos serão a tônica dos casamentos pós-covid. Confira algumas das previsões

3) Fotografia de primeira

Se os casamentos ficam mais intimistas, os registros fotográficos ficam ainda mais exigentes. Seja uma celebração a dois, os elopment weddings, ou com a presença de familiares e amigos muito próximos, em mini weddings. Em qualquer dos casos, será necessário um registro que imprima a essência do momento. “O casal passará a valorizar o trabalho do fotógrafo, responsável por eternizar o casamento, que estará conectado à natureza e ao sentimento que ambos nutrem entre si”, diz.

4) Mais economia

Não é necessário gastar muito para realizar uma cerimônia. As intimistas, como os elopment weddings, ou casamento a dois, podem ser tudo o que vocês estão procurando. “Acredito que assim o casal possa direcionar os investimentos para a reserva do hotel da lua de mel ou para algum serviço contratado ou até mesmo para a montagem da casa nova.”

5) Bolo e espumante

“Acredito que o tradicional bolo com espumante em um local muito próximo da cerimônia religiosa, ao ar livre ou em um restaurante deve voltar. O importante será realizar a vontade de estar junto e compartilhar a vida. O brinde da celebração será o ponto principal.”

6) Luz solar

Minicasamentos, destination wedding ou casamentos mais simples, com poucas pessoas, devem aproveitar a luz do sol. Eles serão preferência dos casais que buscam a natureza e a possibilidade do contato visual, com uma iluminação natural. “Depois de tanto tempo isolados do mundo externo e do prazer do toque, a celebração será um motivo mais do que bem-vindo para estar ao ar livre”, finaliza.

Fotos: Pixabay

Escrito por

Katia Deutner

Jornalista por formação e apaixonada por este universo de magia e encantos. Já trabalhou em diversas revistas do setor e tem um olhar apurado para o belo.