O Dj Alok e a médica Romana Novais se casaram no dia 15 de janeiro de 2019, aos pés do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, ao amanhecer

O Dj Alok e a médica Romana Novais se casaram no dia 15 de janeiro de 2019, aos pés do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, ao amanhecer

O sim da vida do Dj Alok e da médica Romana Novais foi cercado de magia. A começar pela escolha do horário: quando o sol nasce. A linda cerimônia de casamento dos dois foi no Corcovado, aos pés do Cristo Redentor no Rio de Janeiro. A data escolhida foi o dia 15 de janeiro de 2019.

Para a cerimônia religiosa, a noiva de Alok escolheu um modelo assinado pelo estilista Samuel Cirnansck. Com toda a certeza, essa escolha foi um sucesso. O vestido tem inspiração na era Vitoriana, mas com um toque moderno, já que o caimento era levemente sereia. Samuel apostou em tule e bordou minicristais, pérolas e paetês. A cauda tinha um certo volume e o modelo foi confeccionado em três tipos de renda, entre elas a marescot. Romana só precisou de três provas para que ficasse perfeito em seu corpo.

O Dj Alok e a médica Romana Novais se casaram no dia 15 de janeiro de 2019, aos pés do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, ao amanhecer

Leia mais:

Living Coral: a cor de 2019 eleita pela Pantone para casamentos

Casamento moderno com bolo lousa

Do altar para a festa

Logo depois da cerimônia religiosa, a noiva de Alok mudou de vestido para receber os amigos e familiares. Desta vez, Romana apostou em um modelo com as mesmas referências: estilo Vitoriano e mangas. Só que desta vez queria mais movimento ao invés do sereia, que marca as curvas do corpo.

O vestido de noiva foi confeccionado com musseline e georgette de seda e tem detalhes em renda francesa. Uma leve cauda e um decote quadrado finalizaram o modelo, que era sem brilho. Aliás, o brilho ficou por conta do sol que iluminou o brunch servido pelo casal.

Originalmente lindo

Vale destacar que os noivos estavam de branco assim como todos os convidados. O local escolhido para a celebração religiosa foi agraciado pelas cores do sol ao nascer e contou com muitos espelhos. O Cristo Redentor e a vista da cidade maravilhosa tornou tudo muito mais mágico. Ah, disso ninguém tem dúvidas.

Fotos: divulgação/Samuel Cirnansck

Escrito por

Katia Deutner

Jornalista por formação e apaixonada por este universo de magia e encantos. Já trabalhou em diversas revistas do setor e tem um olhar apurado para o belo.